Por que é tão difícil cumprir nossas resoluções de ano novo?

Estudo mostrou que apenas 8% das pessoas cumprem suas metas; recomendação é ser realista e focar em poucos objetivos

     

    A pergunta é direta e merece resposta igualmente sem rodeios, mas acima de tudo sincera. Como andam suas resoluções de Ano Novo? Está conseguindo mantê-las? O momento é propício para o questionamento: acabamos de completar o primeiro mês de 2016.

    Um estudo divulgado em dezembro de 2015 pelo departamento de psicologia da Universidade de Scranton, nos EUA, mostrou que apenas 8% das pessoas são bem-sucedidas em alcançar a meta proposta na entrada do novo ano. Os mais velhos se saem pior: entre pessoas acima dos 50, só 14% chegam no resultado almejado; a taxa vai a 39% entre pessoas na faixa dos 20.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.