Como professores e professoras são classificados por alunos

Ferramenta desenvolvida por professor americano mostra que há diferenças de percepção na avaliação ligadas ao gênero, a partir de adjetivos como ‘arrogante’, ‘irritante’, ‘gênio’ e ‘incrível’

    Professores são considerados mais “arrogantes" do que professoras. Já elas são consideradas mais “irritantes”. Pelo menos é o que demonstra uma ferramenta que compila as críticas feitas por alunos no site RateMyProfessors, uma plataforma para estudantes opinarem sobre seus tutores.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Conteúdo exclusivo para assinantes

    Gosta do nosso jornalismo?

    Somos um jornal independente, por assinatura, e sem publicidade, financiado por vocês, nossos leitores. Jornalismo de qualidade no qual você pode confiar.

    • → O essencial para estar bem informado todos os dias
    • → Notícias de forma clara, equilibrada e organizada
    • → Newsletters exclusivas
    • → Acesso a nossos gráficos e especiais

    Esteja conectado com o melhor da informação.
    Torne-se um assinante. Junte-se ao Nexo!