Ok, as mulheres terão banheiro no Senado. Mas elas querem muito mais na política

Bancada feminina tenta aprovar reserva de 16% das cadeiras no Poder Legislativo, presença obrigatória de mulheres nas Mesas Diretoras e comissões, além de fundo para combater violência doméstica

     

    O Senado está reformando seu plenário no período de recesso para construir um banheiro feminino no local, reivindicação antiga das senadoras. O salão principal da Casa contava apenas com o toalete masculino e as mulheres eram obrigadas a usar o banheiro de uma lanchonete anexa.

    A nova estrutura se soma a outro espaço conquistado pelas mulheres apenas no ano passado: uma sala de amamentação para uso de senadoras, funcionárias e visitantes. Na Câmara, uma reivindicação atual ligada à infraestrutura é a aquisição de um mamógrafo, equipamento que detecta a ocorrência de câncer de mama, para o serviço médico da Casa.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.