‘Se deus me chamar não vou’: uma perspectiva sobre infância


O ‘Nexo’ publica trecho do novo romance da escritora paulistana Mariana Carrara. A história é narrada por uma criança de 11 anos, aspirante a escritora. Ela mostra as impressões do mundo diante de si: do mundo adulto que cria regras e não as obedece, do mundo escolar. E também fala sobre questões relacionadas à solidão, aos pais, deus, o amor, o corpo e a morte 

Querido Homem-aranha,

meu nome é Maria Carmem (Carmem com m) e eu

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.