Ir direto ao conteúdo

‘Dicionário do Diabo’ - definições satíricas e ácidas


O ‘Nexo’ publica alguns verbetes inéditos da nova tradução do livro do jornalista Ambrose Bierce, que traz definições ácidas e irônicas da sociedade americana

ABREVIAR (ABRIDGE), v.t.

Encurtar.

Quando no transcorrer dos eventos humanos torna-se necessário para um povo abreviar o governo de seu rei, um respeito decente pelas opiniões da humanidade exige que se declarem as causas que o impelem à separação.—Oliver Cromwell

ABSURDO (ABSURDITY), s.m.

Afirmação ou crença que está em manifesto desacordo com a própria opinião.

ACIDENTE (ACCIDENT), s.m.

Ocorrência inevitável devida à ação de leis naturais imutáveis.

ACUSAR (ACCUSE), v.t.

Afirmar a culpa ou a falta de valor de outrem; mais comumente como uma justificação pelo ato de termos sido injustos com essa pessoa.

ADMIRAÇÃO (ADMIRATION), s.f.

Nosso educado reconhecimento da semelhança que outra pessoa tem conosco.

ADORAR (ADORE), v.t.

Venerar aguardando algo.

ADVOGADO (LAWYER), s.m.

Alguém perito em achar brechas na lei.

AMIZADE (FRIENDSHIP), s.f.

Um navio grande o suficiente para carregar duas pessoas quando há bom tempo, mas apenas uma na tormenta.

Navegávamos os dois no calmo marE debaixo desse azul do céu solar.(Pois felizes co’a leitura da pressão.)No navio que balançava, o temporalDespencou e naufragamos afinal.(Oh, o caminho é mesmo torpe e sempre em vão.)—Armit Huff Bettle

AMOR (LOVE), s.m.

Insanidade temporária curada pelo casamento ou pela remoção do paciente das influências sob as quais ele contraiu a doença. Essa doença, como a cárie e muitas outras, só se encontra entre raças civilizadas que vivem em condições artificiais; nações bárbaras que respiram ar puro e comem alimentos simples gozam de imunidade contra seus ataques. Às vezes é fatal, mas com maior frequência para o médico do que para o paciente.

AMOR MARITAL (UXORIOUSNESS), s. e adj.

Afeição pervertida que é desperdiçada com a própria esposa.

ANISTIA (AMNESTY), s.f.

A magnanimidade do Estado em relação aos infratores cuja punição sairia muito cara.

ANO (YEAR), s.m.

Período de 365 decepções.

AUTOESTIMA (SELF-ESTEEM), s.f.

Avaliação equivocada.

 

Ambrose Bierce foi um jornalista e escritor norte-americano, nascido em Ohio. Aos 19 anos alistou-se no Exército e participou da Guerra de Secessão, do lado dos Unionistas. Dispensado após ser atingido por uma bala na cabeça, começou a escrever para a imprensa local de São Francisco. Publicou diversos livros de ficção, poesia, sátira, contos sobre a Guerra Civil Americana, histórias de crimes e terror e jornalismo. Aos 71 anos, partiu para o México, aparentemente para acompanhar Pancho Villa na Revolução Mexicana, e desapareceu. Não se sabe como e onde morreu, acredita-se que em 1914.

 

 

Dicionário do Diabo

Ambrose BierceTradução de Rogerio W. GalindoEditora Carambaia304 páginas Lançamento previsto para dezembro

 

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

Mais recentes

Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!