Foto: Divulgação

O pesquisador especializado em políticas educacionais estreia em 25 de novembro como novo colunista do ‘Nexo’, quinzenalmente às quartas-feiras. Ele indica cinco livros que marcaram sua própria formação

A equipe do Nexo me pediu que formulasse uma lista com apenas cinco livros, tarefa dificílima para quem os aprecia. Ainda mais árdua foi a escolha de um recorte para essa seleção: livros sobre educação, que será o tema das minhas colunas, ou livros que contribuíram à minha formação? Optei pelo segundo caminho, porque, em sentido amplo, educar é preparar para ser e estar no mundo. As obras abaixo me ajudaram — e ainda ajudam — a encarar esse desafio. Não são necessariamente as melhores que já li, mas me influenciam e podem ajudar os eventuais leitores de meus textos opinativos a conhecerem algo sobre mim.

Vidas secas

Graciliano Ramos (Record, 2019)

Foi a obra que, ainda na minha adolescência, despertou-me para o poder da literatura. Lembro que eu tinha uma edição barata, feita com papel jornal; era tão seca como a vida e o cenário narrados por Graciliano. Anos depois, o filme de Nelson Pereira, baseado no romance, despertou-me para o cinema e suas possibilidades.

A montanha mágica

Thomas Mann (Trad. Herbert Caro, Companhia das Letras, 2016)

Na superfície, um belo romance psicológico, sobre um homem que vai se esvaziando, anulando-se à medida que se deixa contaminar por uma doença (mental ou respiratória?). Num plano mais profundo, uma obra magistral sobre o tempo, tendo como pano de fundo as múltiplas visões em choque na Europa antes e imediatamente após a Primeira Guerra Mundial.

Saída, voz e lealdade

Albert O. Hirschman (Trad. Angela de Assis Melim, Perspectiva, 1973)

O livro que gerou a expressão “votar com os pés”. Hirschman oferece um modelo analítico simples e brilhante que explica como organizações (empresas, partidos, nações etc.) lidam com o desgaste a partir da interação entre voz e saída, opostos de sua teoria da lealdade. “Voz” é entendida como a influência na tomada de decisões; quando falta influência, a lealdade diminui e pode resultar em “saída” (emigração, demissão etc.). Eu aplico esses conceitos regularmente para avaliar situações diversas.

As vinhas da ira

John Steinbeck (Trad. Herbert Caro e Ernesto Vinhaes, Record, 2012)

Talvez seja o equivalente americano a “Vidas secas” — e publicado apenas um ano depois. Retrata a pobreza, a fome e as injustiças, mas também a moral elevada e o caráter forte, ainda que rústicos, que marcaram a vida das pessoas devastadas pela Grande Depressão nos Estados Unidos. A imaginação e escrita magistral de Steinbeck criaram uma das cenas mais singelas e humanas da literatura.

O espetáculo do crescimento

William Easterly (Ediouro, 2014)

Easterly é um renomado economista que por anos trabalhou como consultor do Banco Mundial e de outras organizações internacionais. Neste livro, ele reconta as incontáveis vezes em que as políticas sugeridas por essas instituições fracassaram. Ele não demoniza a ortodoxia econômica, mas nos lembra com múltiplos exemplos da importância da humildade intelectual, sobretudo quando mencionamos “políticas baseadas em evidências”.

João Marcelo Borges é pesquisador do Centro de Desenvolvimento da Gestão Pública e Políticas Educacionais da Fundação Getulio Vargas. Foi diretor de Estratégia Política do Todos Pela Educação (2018-2020), Consultor Sênior e Especialista em Educação do Banco Interamericano de Desenvolvimento (2011-2018), além de ter ocupado cargos de direção no governo do estado de São Paulo e de gerência no Ministério do Planejamento. Idealizador e cofundador do Movimento Colabora Educação, é mestre em economia política internacional, pela London School of Economics, onde estudou como bolsista Chevening, do governo do Reino Unido.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.