Ir direto ao conteúdo

Foto: Felipe Fontoura

O biólogo e botânico Anderson Santos indica 5 livros para conhecer o universo das plantas

A botânica é uma fascinante área das ciências biol��gicas que há muito tempo desperta interesse dos cientistas pelo uso econômico que as plantas têm apresentado ao longo dos séculos. Mas a relação humana com as plantas é muito antiga e, ainda hoje, é quase restrita aos alimentos de origem vegetal. Nas últimas décadas, os moradores de centros urbanos se distanciaram muito da convivência com as plantas por conta das configurações urbanas.  Estudá-las e conhecê-las mais, hoje, é uma forma muito interessante de resgatar os laços com a natureza e a relação intensa que humanos têm com plantas desde tempos remotos.

50 plantas que mudaram o rumo da história

Bill Laws

O livro apresenta um apanhado sobre a história  de plantas que influenciaram ou protagonizaram eventos marcantes na história da humanidade. O cultivo de plantas alimentícias, especiarias, plantas alucinógenas, entre tantas outras, estão na lista de relatos históricos que apresentam dados sobre a relação humana com vegetais que proporcionaram mudanças no comportamento e desenvolvimento de grupos e sociedades ao longo dos 10 mil anos de existência da agricultura. Para cada planta apresentada há indicação de seus potenciais usos pela espécie humana, fotografias e ilustrações que tornam a leitura ainda mais interessante.

Se não fugir, é planta

Eduardo Gonçalves

O autor, doutor em botânica, encontrou nas palavras e linguagem cativante e simples formas muito interessantes de contar como plantas ocuparam os mais diferentes ambientes naturais, assumiram formas tão variadas e conseguiram ao longo do processo evolutivo da Terra ter características e hábitos tão peculiares. Os títulos de cada capítulo são extremamente instigantes e é quase impossível não querer ler os capítulos “a dieta divina”, “terceirizando o sexo”, “cobras, dragões, santos e sogras” e se surpreender com as analogias apresentadas que esclarecem de forma muito simples como as plantas se comportam na natureza e até mesmo nas situações em que são domesticadas pela espécie humana.

Flores da floresta amazônica. A arte botânica de Margaret Mee

Elizabeth Olsen (ed.)

O livro editado no Brasil pela Escrituras Editora é uma relíquia que conta a história das viagens da artista e ilustradora botânica Margaret Mee à Amazônia. Durante 30 anos Margaret Mee viajou para a Amazônia em 15 expedições para pintar as plantas da região. O livro, ricamente ilustrado com as pinturas que Margaret fez durante suas expedições, ainda conta com trechos de seus diários de viagens, com relatos que se iniciam em 1956, data de sua primeira visita à Amazônia, e se encerram em 1988, quando fez sua última expedição, aos 79 anos. Mais do que um livro que apresenta um trecho da biografia da artista, trata-se de uma verdadeira obra de arte.

Jardins Botânicos do Brasil

Texto: Evaristo Eduardo de Miranda; Fotos: Fabio Colombini

Um grande livro (literalmente), ricamente ilustrado com as fotografias de Fabio Colombini, que visitou e fotografou os 34 jardins botânicos catalogados no Brasil. A obra conta com texto de Evaristo Eduardo de Miranda, que apresenta ricas e detalhadas informações sobre vários aspectos dos jardins botânicos brasileiros como localização, as principais atividades desenvolvidas, dados históricos e um detalhamento das coleções de plantas contidas em cada um. Os jardins botânicos atuam como acervos vivos da flora de cada região brasileira e, nesta obra completa sobre o tema, é possível passear pelos estados brasileiros conhecendo um pouco sobre a flora de cada local.

A vida secreta das árvores

Peter Wohlleben

O engenheiro florestal Peter Wohlleben uniu seus 20 anos de experiência profissional aos estudos e descobertas científicas sobre plantas, em especial sobre árvores para relatar em “A vida secreta das árvores” as semelhanças existentes entre árvores e humanos. Será que árvores formam famílias, mantêm relacionamentos, defendem-se de potenciais predadores? O texto apresenta dados científicos que justificam as observações e constatações do autor em relação à sua convivência com as árvores. Uma forma muito diferente de aprender, por meio de uma linguagem única, de que forma as árvores formam na natureza agrupamentos tão densos como as florestas tropicais.

Anderson Santos é biólogo, mestre em botânica pelo Instituto de Botânica de São Paulo. Idealizador da Escola de Botânica, atua como pesquisador científico e professor de botânica há mais de 10 anos. Apresenta o programa de natureza Terra Brasil exibido pelo canal Animal Planet, do Discovery Channel.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

Mais recentes

Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!