Como ajudar os pets na adaptação para o fim do home office

Em entrevista ao ‘Nexo’, a psicóloga animal Ceres Faraco fala sobre os cuidados para evitar estresse e ansiedade nos animais de estimação durante a volta aos escritórios e outros locais de trabalho

    Com o retorno gradativo do trabalho presencial, os animais de estimação que se acostumaram à presença constante de pessoas por causa do home office adotado na pandemia de covid-19 terão que passar mais tempo sozinhos em casa. Há cerca de 144,3 milhões de pets no país, segundo nova estimativa divulgada pelo Instituto Pet Brasil referente a 2020.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.