‘Mortes silenciosas aumentam a sensação de vulnerabilidade’

Pesquisadora na Fiocruz especializada em saúde mental em desastres e emergências, Débora Noal fala ao ‘Nexo’ sobre o impacto coletivo dos 100 mil óbitos pela covid-19 no país

    A pandemia do novo coronavírus atingiu a trágica marca de 100 mil mortes no Brasil no sábado (8). Por dois meses seguidos, o país vem contando uma média de mil novos óbitos pela infecção todos os dias.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.