Como tomar decisões para seu negócio em meio à pandemia

Pequenas empresas começam a sentir os efeitos da crise econômica causada pelo novo coronavírus no Brasil. O ‘Nexo’ ouviu um especialista da área para entender o que é possível fazer neste momento

    Março de 2020 será lembrado como o mês em que a pandemia do novo coronavírus começou. Se os primeiros casos da covid-19 foram registrados ainda em fevereiro no Brasil, a situação se agravou no mês seguinte, quando a transmissão local se consolidou e o número de infectados atingiu a casa das centenas, quando ocorreram as primeiras mortes decorrentes da doença. Diante da rápida disseminação, a orientação mais difundida tem sido de distanciamento social.

    Além dos trabalhadores informais e autônomos, que compõem o grupo mais vulnerável no momento de crise, os donos de pequenos negócios também se deparam com um cenário delicado. Com menos pessoas circulando nas ruas e o dia a dia da população alterado, a economia brasileira começa a sentir os primeiros golpes. Assim como em outros lugares do mundo, como a China, o comércio sente impactos negativos, com menos clientes e receitas menores. E a perspectiva para as próximas semanas ou meses não é positiva.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.