Trump e o Black Lives Matter, segundo uma de suas fundadoras

Cofundadora de movimento em defesa de direitos de pessoas negras, Opal Tometi fala ao ‘Nexo’ sobre o início do movimento, a ascensão e as declarações recentes do presidente dos Estados Unidos

Em uma noite de fevereiro de 2012, o jovem negro Trayvon Martin, de 17 anos, foi seguido, alvejado e morto por um vigia de bairro na Flórida. O autor dos disparos, George Zimmerman, alegou legítima defesa e acabou sendo absolvido pelo assassinato.

Martin estava desarmado e, segundo uma das testemunhas do caso, falava ao telefone em fones de ouvido quando começou a ser seguido pelo guarda, que o teria atacado.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.