‘Algo se alterou na violência brasileira’, diz psicanalista

Para Christian Dunker, atentado de Suzano é a expressão de uma nova lógica: num país já violento, sobressai agora a performance narcisista, uma ‘indução delirante’ que permeia a sociedade

     

     

    Dois jovens abriram fogo na quarta-feira (13) na escola estadual Raul Brasil, em Suzano, na região metropolitana de São Paulo. O atentado, considerado o maior massacre dentro de uma escola no estado, acabou com dez pessoas mortas, incluindo os atiradores, que se suicidaram.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.