Ir direto ao conteúdo
Profissão

Ana Lucíola Franco: do que o Brasil precisa e o que farei por isso

Ana Lucíola Vieira Franco é servidora federal roraimense. Ocupou cargos de secretária de estado e de procuradora-geral do estado de Roraima e do município de Boa Vista. Durante a carreira, desenvolveu programas sociais junto à população. Atualmente, busca implementar uma política de inclusão dos refugiados venezuelanos no campo de trabalho local por meio da Includere, uma cooperativa em fase de implantação.

Este texto é parte de um projeto de breves entrevistas com membros da sociedade civil, que durante a campanha eleitoral vão falar de suas expectativas para o próximo mandato presidencial e apontar suas próprias ações na tentativa de contribuir para o futuro do país.

Do que o Brasil precisa nos próximos quatro anos?

“O Brasil precisa de responsabilidade e comprometimento com o povo. Sejamos utópicos e pensemos uma educação de qualidade, que consiga mudar o sentir de muitos para se conseguir um mínimo de reforma política daqui a quatro anos. Agora, o cenário se mostra tão sem cor que tudo vira nuances, nada de concreto sequer chega à visão dos olhos. Precisaremos de muito mais que quatro anos para que aconteça uma reforma na consciência do povo, buscando, principalmente, o povo. Esperanças escassas!”

E o que você vai fazer para isso, para além do voto?

“Além do meu voto, ainda não escolhido, me comprometo com minha consciência a não me apegar na letargia das lamentações. Tenho que começar na alma as mudanças que quero no entorno, colocar a retórica em prática e provar que o sangue ainda rola na veia. Minha inquietude tão minha, torço para que se mude de vez e venha, na aposentadoria, trazer os prazeres às vezes perdidos nos caminhos burocráticos e tão 'corretos' da vida. Tentarei fazer, é a única coisa que sei.”

Com produção de Mariana Vick

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!