Como passamos do ‘milagrinho’ à recessão, segundo esta autora

Laura Carvalho vê melhora no debate econômico no Brasil, aponta erros de Dilma e Temer e vê necessidade de rediscussão da carga tributária

 

Luiz Inácio Lula da Silva tomou posse, como o primeiro presidente de esquerda da história do Brasil, em 1° de janeiro de 2003. A economia brasileira se recuperava da crise energética, ocorrida no governo de Fernando Henrique Cardoso, e de impactos da desconfiança que existia sobre o próprio Lula e suas ações na Presidência da República.

Desde então, o Brasil experimentou crescimento econômico como não tinha desde a década de 1970 e momentos de estagnação, até chegar à recessão dos últimos anos. Crise tão profunda quanto as mais graves acontecidas na década de 1980.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.