Como a América Latina pode superar a inflação, segundo este economista do MIT

Alberto Cavallo ajudou a elaborar uma pesquisa de preços on-line e criou portal que mede as variações na Argentina e Venezuela

    Para calcular a inflação ao consumidor, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) pesquisa, todo mês, o preço de mais de 500 produtos em onze capitais do Brasil. Quase manualmente, com visitas a mercados e preenchimentos de longas tabelas.

    Do preço do inhame ao das telhas, passando pela fotocópia, excursão e conserto de máquina de lavar, tudo entra no índice oficial de inflação do país. A complexidade do processo faz com que a divulgação do índice aconteça apenas duas vezes por mês. É assim que geralmente são construídos os índices de preços nas maiores economias do mundo.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.