Filósofo diz que PSDB acabou e que fracasso de políticas do PT trará guinada à direita

José Arthur Giannotti vê crise de representatividade na política e diz que Dilma cai porque não governou: "Não foi eleita para ficar ocupando dois palácios"

     

    O filósofo e professor emérito da Universidade de São Paulo José Arthur Giannotti é uma referência para políticos do PSDB desde a fundação do partido, no final dos anos 1980. A relação próxima, principalmente com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, não o impede de criticar a legenda e diagnosticar, diante da falta de diálogo entre os principais líderes do partido, que “o PSDB acabou”.

    A crise de representatividade, no entanto, não é apenas um problema dos tucanos, mas de todos os partidos, segundo Giannotti. Prova disso é a guinada na política econômica da presidente Dilma Rousseff após as eleições de 2014. “Os eleitos se mostram não representativos do seu próprio campo eleitoral”.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.