Brasileiros deveriam se orgulhar do 'jeitinho', diz pesquisadora

Economia informal pode trazer grandes lições de inovação e ideias para subverter o sistema

     

    Você não precisa ter uma grande empresa e aparecer na capa de uma revista de negócios para ser um grande inovador. Na verdade, muitas das pessoas que estão mudando a economia estão fora do nosso radar: são desde vendedores de leite de camelo nos EUA, traficantes no México, piratas na Somália a engenheiros que tentam subverter o sistema dentro de uma grande companhia.

    O que todos essas pessoas têm em comum é o fato de elas não se adequarem aos padrões. Por isso, são consideradas “desajustadas”. No entanto, seja atuando no mercado ilícito, informal ou nos espaços mais tradicionais, os supostos desajustados estão mudando o mundo. E têm muito a ensinar.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.