A liberdade econômica é a saída para o Brasil

Medida provisória destrava uma série de processos burocráticos que vinham atrapalhando a vida de quem quer, e pode, investir no crescimento do país: os empreendedores

O  Brasil enfrenta hoje uma intensa crise econômica. O desemprego permanece acima dos 13 milhões de cidadãos, o PIB (Produto Interno Bruto) per capita caiu 9% de 2014 a 2017 e nossa dívida pública continua em escalada, e em breve alcançará os 80% do PIB. Para piorar, somos o país da burocracia, do reconhecimento de firma em três vias e mantemos um dos seis sistemas tributários mais complexos do mundo. Com leis complicadas, abertas às mais variadas interpretações, temos um contexto de baixa segurança jurídica, em que o empreendedor não tem certeza sobre o que pode acontecer com seu negócio no futuro.

Tiago Mitraud foi eleito deputado federal pelo Novo de Minas Gerais em 2018. É Líder RenovaBR, foi diretor executivo da Fundação Estudar e presidente da Brasil Júnior. Formou-se em administração pela UFPR e fez pós-graduação na Harvard Business School.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do Nexo.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

Tribuna

Já é assinante?

Entre aqui

Exclusivo para assinantes

Tenha acesso a todo o nosso conteúdo, incluindo expressos, gráficos, colunistas, especiais, além de newsletters exclusivas com curadoria da redação. Apoie o jornalismo independente brasileiro de qualidade.
Assine o Nexo.