Denis R. Burgierman é jornalista e escreveu livros como “O Fim da Guerra”, sobre políticas de drogas, e “Piratas no Fim do Mundo”, sobre a caça às baleias na Antártica. É roteirista do “Greg News”, foi diretor de redação de revistas como “Superinteressante” e “Vida Simples”, e comandou a curadoria do TEDxAmazônia, em 2010.

A República Agrotóxica do Brasil

17/Ago 2017

Este país é uma operação de exportação de commodities. Todo o resto está a serviço disso

O fim do Brasil

03/Ago 2017

Sei que parece exagero, mas não é. O preço de salvar Temer da Justiça vai ser muito alto. Se seguirmos nesse rumo por mais uma década, já era

O que as pessoas acham e o que as pessoas fazem

20/Jul 2017

Eu acho que… Espera, o que importa o que eu acho?

Não dá para fugir

13/Jul 2017

A crise nos segue aonde quer que vamos

Escola sem noção

06/Jul 2017

Certos partidos estão tentando transformar as escolas em palanques. Mas não sei se são os mesmos que você imagina

No longo prazo, estaremos todos mortos (mas está encurtando esse prazo)

29/Jun 2017

Enquanto a Amazônia queima, Trump declara guerra à ciência. Aguarde as consequências

Temer, o monstro

22/Jun 2017

Quem sabe esse presidente desastroso não possa ao menos deixar esse legado positivo para o país: o de nos ensinar a evitar outros como ele

O fim do PSDB (ou, no mínimo, o das ilusões)

16/Jun 2017

A não ser que se feche os olhos com muita força, ficou impossível defender o partido

A política e a vida

08/Jun 2017

Histórias de família não são imunes à política

Precisamos de um sistema para reformar o sistema

01/Jun 2017

A Câmara dos Deputados escolheu Eduardo Cunha para presidi-la. Você vai confiar nela para escolher o presidente da República?

Burrice ou esperteza

25/Mai 2017

Nada de novo no front: a ação da Prefeitura de São Paulo na cracolândia é em tudo igual ao que os políticos sempre fazem

Emergência

18/Mai 2017

As condições estão dadas para que algo novo apareça

Não somos (só) indivíduos

11/Mai 2017

Boa parte dos sistemas que regulam nossa sociedade é baseada na premissa de que cada um de nós é um. Só que essa premissa está incompleta. Acredite: todos nós somos um. E cada um de nós é muitos

Os reis do Brasil

04/Mai 2017

Mais uma república começou e terminou – foi pelo menos a terceira, nos últimos 60 anos. A monarquia, no entanto, continua a mesma

Partidos são cartórios

27/Abr 2017

Como os cartórios, eles são intermediários privados entre o cidadão e o Estado. E não muito mais que isso

A máquina que move o Brasil

20/Abr 2017

É assim que é. É assim que tem sido assim desde a redemocratização: quem paga campanha eleitoral é construtora. 'É normal', disse Emílio Odebrecht, para minha estupefação

E agora?

13/Abr 2017

Não é que haja corrupção no Brasil. É mais profundo que isso: corrompeu-se a própria ideia de país. Que seja uma oportunidade

Está tudo normal. Né?

06/Abr 2017

O mais desesperador não é assistir a isso tudo: é o fato de que a vida segue em frente, como se só pudesse ser assim mesmo

Reflexões materialistas sobre a morte, e o que vem depois dela

30/Mar 2017

Eu bem que queria, mas não consigo acreditar em alma ou em espíritos. E sei muito bem que não viramos estrela quando morremos. Mas isso não significa que eu não possa crer – racionalmente – que a vida transcende a morte

Algo de podre no reino da agroindústria

23/Mar 2017

Tem algo cheirando mal no sistema – e não me refiro só à carne

Um PM me ameaçou de morte porque eu pedi licença

16/Mar 2017

Enfim, coisa comum neste nosso país. Por quê?

A culpa do outro

09/Mar 2017

Seres humanos são péssimos julgadores da trapaça alheia

Fora Temer, volta Belchior

02/Mar 2017

Fora do Carnaval, não há solução

Perdidos entre duas utopias

24/Fev 2017

Nem a esquerda nem a direita têm as respostas de que precisamos para construir o futuro

Aí a sociedade vai lá e resolve

16/Fev 2017

O que está acontecendo agora no Brasil em relação às regras para o uso da maconha é impressionante. Governo e autoridades, como de hábito, só atrapalham

Olha o golpe aí. E não estou nem falando do impeachment

09/Fev 2017

Não dá mais para negar que tem um golpe em curso. Só que não é aquele que você está pensando

Eu sou um corrupto

02/Fev 2017

Na semana da prisão do Eike, o momento é de confissões. Aproveito então para fazer a minha

A guerra dos gêneros

26/Jan 2017

O desencontro entre homens e mulheres está por trás de quase todas as grandes disputas políticas do mundo

Enquanto houver privilégios, haverá corrupção

20/Jan 2017

Aqui no Brasil, falamos muito sobre corrupção, mas pouco sobre privilégios. O problema é que nunca haverá uma solução para aquela enquanto não nos livrarmos destes

Os presentes do Estado ao Crime

12/Jan 2017

O crime organizado tem tanto poder no Brasil porque ganha de bandeja do Estado o monopólio sem fiscalização de um mercado lucrativo e um sistema grátis de recrutamento e formação de soldados, as prisões

Uma outra lógica

05/Jan 2017

Vou arriscar um exercício de imaginação: e se pudéssemos virar de ponta-cabeça nosso sistema de educação?

Sobre reconstruir o Brasil

29/Dez 2016

O ano acabou, e não vai deixar saudades – que deixe ao menos lições

O marketing e a morte

22/Dez 2016

Isso que o prefeito eleito de São Paulo pretende fazer tem nome e número: artigo 121, parágrafo 4º do Código Penal, homicídio culposo. Aumentar as velocidades das marginais não é só um erro - é também um crime

Feliz 2037, Brasil

15/Dez 2016

Nenhum país do mundo conseguiu dar grandes saltos de desenvolvimento sem investir massivamente em educação. Agora, ficou difícil ver essa transformação acontecer no Brasil na duração de minha vida

No fundo, a crise é de confiança (como sempre, aliás)

08/Dez 2016

A confiança nos outros sempre foi um problemão no Brasil. Aí, em 2016, piorou. Como sair dessa?

Interesse público não é a mesma coisa que opinião pública

01/Dez 2016

De uma alta autoridade da República não se espera que gaste tempo com bobagens insignificantes, como o interesse público

A esquerda, a direita e o sexo dos anjos

24/Nov 2016

Estado e mercado não são alternativas excludentes. São duas dimensões inevitáveis na vida de qualquer país. E precisam aprender a trabalhar juntos

Eles todos são uns cretinos

17/Nov 2016

Subitamente, bilhões de mentes humanas estão separando o mundo inteiro entre amigos íntimos – de quem toleramos tudo e amamos incondicionalmente – e inimigos mortais – que não estamos dispostos a sequer ouvir e queremos ver esmagados

Nossos colunistas

Lilia Schwarcz

Denis R. Burgierman

Yasmin Thayná

Humberto Laudares

Reinaldo Moraes

Marcos Lisboa