Coluna

Ciclos fúteis que causam mortes

    Ninguém possui mais habilidade de drenar energias que o presidente, sua equipe e milícia de seguidores. Enquanto desmentimos suas inverdades, deixamos de focar em salvar vidas. O resultado é gritante: 300 mil mortes

    Na semana passada, a comunidade científica comemorou a notícia de que o Congresso Nacional havia derrubado um dos vetos criados pelo presidente Jair Bolsonaro a uma lei protegendo o FNDCT (Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), a principal fonte de financiamento federal para a ciência e tecnologia. Em 2020, reconhecendo a importância central da área, o Congresso criou uma lei complementar que proibia que recursos deste fundo fossem contingenciados para pagamento de dívida pública, como vinha acontecendo há vários anos, diminuindo drasticamente o financiamento científico a nível federal. Em janeiro, o presidente evidentemente anticientífico criou vetos que comprometiam o intuito central da lei. Após ampla mobilização das sociedades científicas e interlocução com o Congresso, houve a derrubada do principal problema criado pelos vetos, restabelecendo verbas fundamentais para pesquisa no Brasil.

    Alicia Kowaltowski é médica formada pela Unicamp, com doutorado em ciências médicas. Atua como cientista na área de Metabolismo Energético. É professora titular do Departamento de Bioquímica, Instituto de Química da USP, membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências do Estado de São Paulo. É autora de mais de 150 artigos científicos especializados, além do livro de divulgação Científica “O que é Metabolismo: como nossos corpos transformam o que comemos no que somos”. Escreve quinzenalmente às quintas-feiras.

    Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do Nexo.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Conteúdo exclusivo para assinantes

    Gosta do nosso jornalismo?

    Somos um jornal independente, por assinatura, e sem publicidade, financiado por vocês, nossos leitores. Jornalismo de qualidade no qual você pode confiar.

    • → O essencial para estar bem informado todos os dias
    • → Notícias de forma clara, equilibrada e organizada
    • → Newsletters exclusivas
    • → Acesso a nossos gráficos e especiais

    Esteja conectado com o melhor da informação.
    Torne-se um assinante. Junte-se ao Nexo!