Coluna

Por que os populistas confessam

    Ao ignorar abertamente normas em prol da própria família, Jair Bolsonaro e Donald Trump criam um dilema para a mídia e a opinião pública

    É lamentável que, em meio a uma pandemia que já matou milhares de brasileiros e ainda custará a vida de muitos outros, estejamos a tratar de outros temas. A política brasileira, porém, tem o dom macabro de monopolizar a atenção, e mais ainda em tempos de bolsonarismo. Portanto, aqui vamos nós...

    O espetáculo canhestro da aparição do presidente Bolsonaro em 24 de abril, ladeado de seus constrangidos ministros, em resposta à demissão do agora ex-ministro Sergio Moro, deixou muitos momentos memoráveis. Talvez tenham passado relativamente despercebidas três palavras estarrecedoras: “a não ser”.

    Especificamente, disse o presidente: “Jamais procurei [Moro] para interferir nas investigações, a não ser... sobre Adélio, o porteiro e meu filho 04” (ênfase minha). Trocando em miúdos, jamais houve qualquer interferência, exceto nos casos em que de fato houve, “quase como uma súplica”.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Filipe Campante é Bloomberg Distinguished Associate Professor na Johns Hopkins University. Sua pesquisa enfoca temas de economia política, desenvolvimento e questões urbanas e já foi publicada em periódicos acadêmicos como “American Economic Review” e “Quarterly Journal of Economics”. Nascido no Rio, ele é PhD por Harvard, mestre pela PUC-Rio, e bacharel pela UFRJ, todos em economia. Foi professor em Harvard (2007-18) e professor visitante na PUC-Rio (2011-12). Escreve mensalmente às quintas-feiras.

    Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do Nexo.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.