Coluna

Os eleitores votam com o desempenho dos políticos na cabeça?

    Prefeitos são responsáveis pela implementação de grande variedade de políticas públicas. A capacidade da população punir ou premiar as mais efetivas é fundamental para o bom funcionamento da democracia

    Com as eleições municipais de novembro chegando, uma pergunta que sempre surge é como votam os eleitores brasileiros. Será que eles escolhem candidatos que implementam políticas públicas efetivas? Ou será que se preocupam somente com a identidade do político? Eleitores premiam e punem prefeitos pelo seu desempenho? As respostas para essas perguntas são importantes porque se eleitores não premiam os bons gestores nem punem os maus gestores, políticos eleitos não terão incentivos para implementar políticas públicas que beneficiem a população.

    Claudio Ferraz é professor da Vancouver School of Economics, na University of British Columbia, Canadá, e do Departamento de Economia da PUC-Rio. Ele é diretor científico do JPAL (Poverty Action Lab) para a América Latina. É formado em economia pela Universidade da Costa Rica, tem mestrado pela Universidade de Boston, doutorado pela Universidade da Califórnia em Berkeley e foi professor visitante na Universidade de Stanford e no MIT.

    Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do Nexo.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante?

    Entre aqui

    Exclusivo para assinantes

    Tenha acesso a todo o nosso conteúdo, incluindo expressos, gráficos, colunistas, especiais, além de newsletters exclusivas com curadoria da redação. Apoie o jornalismo independente brasileiro de qualidade.
    Assine o Nexo.