Coluna

Pode o subalterno falar e experimentar a própria vida?

    A inovação de linguagens e a criação artística são historicamente restritas no Brasil. E demarcam um lugar de poder – branco e abastado

    No início de julho estive no Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre, o Frapa. Entre todas as experiências bacanas que pude vivenciar nesse espaço, destaco um comentário após uma roda de conversa que se chamava “outras poéticas: o diálogo com o teatro, a literatura, a dança e a música na criação de histórias e personagens”. Compartilhei o papo com Julia Murat, Claudia Tajes, Diones Camargo e Artur José Pinto. No final, uma pessoa que estava na plateia veio até mim e disse: “esse diálogo me fez ter uma outra noção do cinema experimental. Uma noção menos burguesa”. Isso me afetou e transportou meu pensamento para vários lugares.

    Yasmin Thayná é cineasta, diretora e fundadora da Afroflix, curadora da Flupp (Festa Literária das Periferias) e pesquisadora de audiovisual no ITS-Rio (Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro). Dirigiu, nos últimos meses, “Kbela, o filme”, uma experiência sobre ser mulher e tornar-se negra, “Batalhas”, sobre a primeira vez que teve um espetáculo de funk no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e a série Afrotranscendence. Para segui-la no Twitter: @yasmin_thayna

    Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do Nexo.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Conteúdo exclusivo para assinantes

    Gosta do nosso jornalismo?

    Somos um jornal independente, por assinatura, e sem publicidade, financiado por vocês, nossos leitores. Jornalismo de qualidade no qual você pode confiar.

    • → O essencial para estar bem informado todos os dias
    • → Notícias de forma clara, equilibrada e organizada
    • → Newsletters exclusivas
    • → Acesso a nossos gráficos e especiais

    Esteja conectado com o melhor da informação.
    Torne-se um assinante. Junte-se ao Nexo!