Coluna

Jesus, alegria dos homens. (Mas, e as mulheres?)

    Temas

    O convívio com uma mulher dentro do casamento pode não ser um passeio no parque para o homem, como sugere Joyce. Mas é ele que identifica no próprio homem a possível raiz desse mal-estar conjugal: a inabilidade masculina de harmonizar os elementos masculinos e femininos dentro de seu psiquismo

    James Joyce, irlandês de família católica dublinense, que estudou em escolas de jesuítas, escreveu um dia a um amigo: "Jesus era solteiro e nunca viveu com uma mulher. Viver com uma mulher é, com certeza, uma das coisas mais difíceis que um homem tem a fazer na vida, e ele nunca fez isso."

    Teríamos aqui um Joyce misógino e machista, insinuando que mulher é osso duro de roer, e que os homens são uns doces de coco do mais fácil convívio, sobretudo se não forem atazanados por suas companheiras?

    Um herege hediondo, por equiparar uma figura sagrada como Jesus aos homens comuns que não se dizem filhos de Deus e que nasceram de mulheres que copularam com homens?

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Reinaldo Moraes estreou na literatura em 1981 com o romance Tanto Faz (ed. Brasiliense) Em 1985 publicou o romance Abacaxi (ed. L&PM). Depois de 17 anos sem publicar nada, voltou em 2003 com o romance de aventuras Órbita dos caracóis (Companhia das Letras). Seguiram-se: Estrangeiros em casa (narrativa de viagem pela cidade de São Paulo, National Geographic Abril, 2004, com fotos de Roberto Linsker); Umidade (contos , Companhia das Letras, 2005), Barata! (novela infantil , Companhia das Letras, 2007) , Pornopopéia (romance , Objetiva, 2009) e O Cheirinho do amor (crônicas, Alfaguara, 2014). É também tradutor e roteirista de cinema e TV.

    Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do Nexo.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.